sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Tutorial - Setups do F1 Challenge - F1CF [Aerodinamica]

Mecânica e Aerodinâmica

Setups do F1 Challenge - F1CF - F1 Challenge Forever
Muitas pessoas tem dificuldades neste jogo para ajustar seus carros e configurar os chamados "setups" dos carros.
Eu, Luiz, do blog f1cf.blogspot.com, pretendo neste tutorial dar uma idéia geral que ajude os jogadores de F1 Challenge Iniciantes e Intermediários a configurarem melhor seu carro.





Asas (wings):
Variando de 1 a 50 a asa é a parte aerodinâmica mais importante do carro de Fórmula 1 e no F1 Challenge regular as asas é a parte básica dos setups na qual o piloto sente mais facilmente a diferença. O numero de 1 a 50 refere-se a inclinação da asa, visto que seu tamanho é fixo. Quanto mais asa mais o ar faz força para baixo no carro de corrida (mais downforce). Quanto mais força para baixo mas fácil de fazer as curvas, maior aderência dos pneus, maior aquecimento dos pneus e menor velocidade na reta.
Então Asa demais é bom para as curvas, mas ruim para as retas. Asa de menos é bom para retas, mas ruim para as curvas. O segredo é char o equilíbrio ideal para o circuito e para o estilo de pilotagem do piloto.

Front Wing: É a asa dianteira. Esta asa faz com que o ar force as rodas dianteiras para baixo. Quanto mais asa dianteira melhor de fazer as curvas, mas existe o efeito de resistencia do ar nas retas. Nas asas dianteiras esse efeito é menor que nas traseiras de modo que um bom setup normalmente tem asas dianteiras mais inclinadas que as traseiras.

Rear Wing: É a asa traseira. A asa traseira é a responsável pela força do ar nas rodas traseiras do carro. Das duas asas a traseira é a que mais causa arrasto na reta, ou seja, a que mais faz o carro perder velocidade na reta. Muita asa traseira faz um carro nao atingir muita velocidade de reta, mas tem ótima tração na saída de curva (arranca bem). A asa traseira deve ser normalmente menor que a dianteira e seu ajuste é mais crítico que o da asa dianteira. Se for colocada pouca asa trasera o carro sai de traseira facilmente e terá dificuldade em curvas mais fechadas. O equilíbrio entre asa dianteira e traseira é importante. Se as asas forem muito desproporcionais o carro sairá de frente ou de traseira causando acidentes.

Radiator Intake: É a entrada de ar do radiador. Pra quem não sabe, em termos simples, o radiador é o que refrigera o motor do carro pela passagem do ar. A abertura do radiador regula a quantidade de ar que passa por dentro do radiador. Quanto maior o Radiator Intake mais ar passa por dentro do radiador, mais arrasto no carro, menos velocidade de reta, menor temperatura do motor. Setups de qualify geralmente usam pequenas aberturas de radiador (2 ou 3) para tentar o menor arrasto, mas numa corrida longa é necessário bastante abertura (4,5 ou 6) para o motor não queimar.

Engine Brake Map: É o mapa de frenagem do motor. Não sei como funciona e não pode ser setado nesta mod.
Engine RPM Limit: É o limite de rotações por minuto do motor. Normalmente se coloca o máximo que o motor permite, mas pode haver caso em que a curva de torque do motor nos force a usas menos rpm para mais torque. Isso porque o torque é que representa bem a força que a roda faz no chão pra empurrar o carro enquanto que o RPM faz com que o motor desempenhe em sua curva de torque. Entrar em mais detalhes nesta parte foge do propósito desse tutorial.

Bloqueio da Direção / Steering Lock:
É o angulo máximo do curso de direção. Pra curvas fechadas, como as de monaco, o carro precisará de maior angulo (Bloqueio de direção/Steering Lock). Para circuitos com curvas mais amenas precisará de menos. Jogadores que usam teclado normalmente usam angulos menores de Steering Lock que os jogadores que usam volante.

Barra anti-rolagem / Anti-Roll Bar:
As barras anti rolagem sustentam a torção que acontece naturalmente na estrutura do carro ao fazer uma curva. Barras mais duras dificultam a torção do carro e barras mais moles facilitam a torção.
São duas as barras. Uma dianteira e uma traseira. Vou tentar explicar de modo prático: Uma barra muito dura faz o carro sair na parte da barra dura. Por exempo, barra traseira dura faz o carro dair de traseira. Barra dianteira dura faz o carro dair de frente.
Não é só a barra anti-rolagem que faz o carro sair de frente ou de traseira, mas elas ajudam a controlar esses efeitos um pouco. Normalmente a barra traseira é bem mais mole que a dianteira porque o carro de F1 sai mais facilemente de traseira.

Diferecial:
O Carro de F1 usa diferencial do tipo "limited-slip". Diferente do diferencial aberto "open" de um carro comum. O limited-slip é regulável com aceleração e desaceleração. Na Fórmula 1 Atual o Diferencial do carro é programável e muda algumas caraterísticas de acordo com a situação. O programa é colocado no PIT e não pode ser atualizado durante a corrida. Existe no diferencial de formula 1 uma válvula chamada "moog" que abre e fecha conforme o programa e regula o diferencial durante a volta.
Em qualquer carro existe diferencial no eixo que existe trassão.
No carro de F1 a tração é traseira, então as 3 opções de diferencial que existem na maioria das mods de F1 Challenge referem-se ao mesmo diferencial traseiro.



Differential Pre-load:
É a pré-carga diferencial. Para um diferencial funcionar ele precisa de alguma craga mínima e a pré-carga diferencial dá essa carga mínima necessária. Normalmente a pré-carga no 1 é suficiente para o bom funcionamento do diferencial.

Diferencial Desaceleração e Diferencial Aceleração:
O diferencial do tipo "limited-slip" permite essa regulagem de valor de diferencial diferente para aceleração e desaceleração. Ao acelerar queremos a tração mais rápido e normalmente teremos valores menores de diferencial. Ao desacelerar queremos mais controle e valores mais altos de diferencial são desejáveis.

Bloqueio do Diferencial / Differential Lock:
O Bloqueio do diferencial é uma trava que atua desativando a função do diferencial do carro e fazendo as rodas correrem como que soldadas, travadas. 
Com o diferencial lock no 0% o carro sai de frente quando desacelera, quando levanta o pé do acelerador ou freia, ou mesmo no meui da curva, mas tem um ótima tração na aceleração.
No 100% o carro é extremamente estável ao levantar o pé do acelerador ou freiar, mas não responderá bem a tração na saida de curva.


Distribuição de Peso: (F:R)
Existe uma fração do peso do carro de formula 1 que pode ser distribuida de forma configurável. Normalmente os carros de F1 saem muito de traseira. Para reduzir esse efeito colocamos o peso configurável tanto pra frente quanto possível, para migrar o centro de gravidade do carro um pouco para frente. Ainda assim o centro de gravidade do carro de F1 é sempre mais para trás que o meio devido ao pesado motor traseiro o que leva-o a sair de traseira e ficar ao contrário na pista ao escapar.
O peso para tras pode ser uma opção para aumentar a tração do carro, mas tem como contrapartida reduzir muito a estabilidade do carro.

Se você sabe mais de setups e gostaria de contribuir com esse tutorial mande sua dica em nosso e-mail de contato.

Abraço a todos.
Autor: Luiz
Site: f1cf.blogspot.com





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário